Política de PRL_

Política de Prevenção de Riscos no Trabalho

A Política em termos de Segurança e Saúde no Trabalho tem por objetivo a promoção e a melhoria das condições de trabalho, dirigida a elevar o nível de proteção da Segurança e da Saúde dos trabalhadores no desempenho das suas funções, através do desenvolvimento de uma gestão integrada da prevenção na atividade da Empresa, com o objetivo de reduzir os riscos a um nível aceitável.

Este conceito integral da prevenção supõe, do ponto de vista executivo, que a gestão da segurança é responsabilidade, conforme atribuída, da Diretoria e da cadeia de comando. Esta política preventiva faz parte das funções de todos e de cada um dos funcionários que integram a Empresa.

Dentro deste contexto, todo o pessoal tem uma parcela de responsabilidade no cumprimento das Normas de Segurança e na realização de condições de trabalho adequadas. A cadeia de comando hierárquica encarregada da organização do trabalho – pessoal com e sem contrato – tem ainda como função executiva cumprir e fazer cumprir pelo pessoal sob seu comando as Normas de Segurança e Higiene no Trabalho.

A Diretoria da Telefónica Engenharia de Segurança deseja difundir os seguintes princípios da sua Política Preventiva, ccujo objetivo é garantir a Segurança e a Saúde dos trabalhadores frente aos Riscos no Trabalho:

A Diretoria é responsável pela Gestão da Prevenção de Riscos no Trabalho através de toda a cadeia hierárquica descendente de comando, com responsabilidade não delegável, pelo planejamento e cumprimento das ações preventivas, e o assessoramento e colaboração do Serviço Articulado de Prevenção.

A Segurança e a Saúde requerem a colaboração ativa de todos os funcionários, aplicando os procedimentos e métodos de trabalho estabelecidos, por meio da formação adequada para desenvolver suas tarefas, e com a participação e informações tanto da estrutura hierárquica, quanto dos representantes dos trabalhadores, nas comissões paritárias correspondentes.

Os trabalhadores, inclusive a cadeia de comando, devem conhecer tanto a Política de Prevenção quanto o Sistema de Gestão da Prevenção de Riscos no Trabalho da Empresa, que será divulgado para conhecimento de todos os níveis profissionais, nas diferentes publicações e comunicações internas.

Estas dez grandes áreas de atuação, citadas a seguir, constituem nossa Política Preventiva:

  1. Tutelar o cumprimento da Lei de Prevenção e Riscos no Trabalho, dentro de um conceito integral de Segurança e Saúde, inseparável da atividade produtiva, tendo como compromisso cumprir as exigências legais e outros requisitos que a organização subscreva relacionados à SST, à prevenção de danos e à deterioração da saúde, por meio do estabelecimento de um nível de risco aceitável, da melhoria contínua da gestão, e do desempenho da SST.
  2. Avaliar os riscos no trabalho derivados do desenvolvimento e da gestão dos processos e serviços.
  3. As Normas de Segurança e Higiene representam a preocupação de toda a empresa com a promoção da segurança e a saúde do conjunto dos profissionais.
  4. Estabelecer anualmente o Planejamento preventivo con la implicación de todas las áreas, coordinándolas para que las distintas acciones se lleven a cabo de acuerdo a la estrategia preestablecida.
  5. Facilitar a formação de toda a organização em: com o envolvimento de todas as áreas, coordenando-as para que as diferentes medidas sejam tomadas de acordo com a estratégia preestabelecida.
  6. Oferecer a vigilância da saúde a toda a organização prevenção de riscos específicos de cada posto, emergência e primeiros socorros. Atualizar periodicamente os planos estratégicos e os conteúdos, em função das necessidades pontuais.
  7. Normalizar as medidas corretivas e os equipamentos de proteção individual derivados da avaliação de riscos.
  8. Implantar o Sistema de Prevenção de Riscos no Trabalho que garanta a gestão com critérios preventivos dos processos e serviços.
  9. Consultar os aspectos relativos à prevenção para garantir a participação de toda a empresa na promoção da Segurança e da Saúde.
  10. Analisar anualmente a situação da questão e a estratégia a seguir em função dos resultados obtidos.